O Exame Nacional do Ensino Médio é a principal forma de conquistar uma vaga nas universidades federais, mas essa não é sua única função! Às vezes, com todo o tempo dedicado aos estudos, fica um pouco complicado saber o que você pode fazer com a nota da prova. A Prepara vai responder todas as dúvidas e te ajudar a traçar seu futuro! Confira:

Para entrar na universidade pública

Quanto maior for a pontuação no Enem, maiores são as chances de entrar em uma universidade federal. Por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), você pode disputar vagas em mais de 130 universidades públicas em todo o país.

 As inscrições no Sisu acontecem sempre depois da divulgação das notas, no começo do ano, para as aulas do primeiro semestre. Mas se você não conseguir no início, também dá para esperar até o meio do ano e entrar na universidade no segundo semestre.

 Para mais informações sobre o Sisu e como se inscrever, acesse o site do MEC clicando aqui.

Para conseguir uma bolsa de estudos

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é o programa que concede bolsas de estudo para qualquer estudante de baixa renda. Candidatos autodeclarados pretos, pardos, indígenas e portadores de necessidades especiais possuem reserva de cotas.

 Se você se encaixa nos critérios a seguir, fique ligado que essa pode ser a sua chance de conseguir uma bolsa! Mas fique atento: só vale para quem ainda não tem diploma de curso superior!

 Para bolsas de 50%, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, as regras básicas do MEC pedem que você tenha feito o Enem mais recente, que tenha tirado uma média maior que 450 e que sua redação tenha um valor maior que zero.

 Já para quem quer uma bolsa integral na universidade, é necessário que o estudante tenha renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa e ter concluído o ensino médio em escola pública ou privada também com bolsa integral na escola.

 Para mais informações sobre o Prouni e como se inscrever, acesse o site do MEC clicando aqui.

Para entrar no Fundo de Financiamento Estudantil

O Fies é um programa do Ministério da Educação que te ajuda a pagar uma faculdade privada. Pode se inscrever no Fies a pessoa que participou do Enem a partir de 2010 e que tenha uma média maior que 450, além da redação com nota maior que zero. Também é preciso ter a renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

 Para mais informações sobre o Fies e como se inscrever, acesse o site do MEC clicando aqui.

Para entrar na seleção para o ensino técnico

Com o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica, o Sisutec, você pode concorrer a uma vaga em uma instituição privada ou pública em cursos técnicos. O candidato, quando se inscreve, pode escolher até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições.

 É necessário indicar se entra nas condições de quem cursou o ensino médio em escola pública ou em escola privada como bolsista integral, ou se entra nas vagas reservadas para pretos, pardos, indígenas e deficientes. O sistema seleciona automaticamente os candidatos mais bem classificados em cada curso, de acordo com a nota do Enem.

Para mais informações sobre o Sisutec e como se inscrever, acesse o site do MEC clicando aqui.

 Como você viu, existem diversos programas que podem te ajudar a conseguir uma vaga no ensino superior mais facilmente, então é só se inscrever e boa sorte!