O momento da entrevista de emprego é delicado e traz muito nervosismo: ficar frente a frente com o recrutador e responder perguntas sobre si mesmo não é algo fácil. Por isso, muitos acabam caindo no erro de decorar previamente certas respostas, que não são nada além de clichês e nada naturais. Pensando nisso, separamos algumas dessas frases para você identificar e não utilizar no seu próximo processo seletivo.

“Uma qualidade? Trabalhar demais.”

Você pode de fato gostar de trabalhar, mas essa frase já foi tão repetida que o examinador provavelmente irá identificar como algo utilizado apenas para tentar impressioná-lo na hora da entrevista. Aproveite essa pergunta para apontar uma característica que você realmente acha importante em si próprio, como paciência, criatividade ou facilidade em aprender idiomas, por exemplo. Também evite cair em outras respostas comuns como “sou proativo”, “comprometido” e “pontual”.

“Um defeito? Ser perfeccionista.”

É a resposta mais clichê de todas. Pode até ter dado certo por um tempo, porém os entrevistadores já estão saturados de ouvi-la. É complicado falar sobre os próprios defeitos e há sempre o medo de dizer algo que seja decisivo para perder a vaga. Por isso, procure ser cuidadoso e responder de maneira precisa, como por exemplo apontar a necessidade de melhorar suas habilidades com algum software.

“Estou à procura de novos desafios.”

Novamente o caso de uma frase muito ampla, que soará apenas um clichê aos ouvidos do examinador. Se o seu objetivo com a vaga realmente for um novo desafio, defina melhor o que é isso e deixe claro o que está te desafiando, construindo uma resposta mais completa e sincera. Se não for, diga também com sinceridade: explique como você procura aprender com o trabalho ou como a experiência é enriquecedora para sua carreira profissional, por exemplo.

“Eu gosto de estudar no meu tempo livre.”

Por mais que seja verdade, pode soar apenas como uma maneira de se autopromover para conseguir a vaga. Então a melhor opção é ser sincero e não querer fazer média desnecessariamente. Fale sobre aquilo que você gosta de fazer, como andar de bicicleta, praticar esportes ou ir ao cinema, por exemplo. Sua resposta não precisa ser relacionada com o trabalho, afinal, é sobre o seu tempo livre.

“Eu estou aberto a tudo.”

É importante demonstrar ser uma pessoa suscetível a mudanças e que está sempre preparada para o que vier. Porém, essa frase é muito vaga. Para dizer isso de uma maneira mais completa, primeiro deixe bem clara a sua personalidade, bem como os seus objetivos. Mostre que você tem um foco e, daí sim, complemente com a compreensão das alterações que podem ocorrer pelo caminho.

“Meu inglês está um pouco enferrujado”

Ou você é fluente ou não é. Evite mentir dizendo que possui um nível avançado do idioma quando você não o tem. É melhor ser sincero, e se ainda estiver estudando, deixe isso claro. É muito fácil ser pego na mentira, afinal, é só pedir que você converse em inglês, daí não vai dar certo dizer que está apenas “enferrujado”.

E aí, está preparado para encarar uma entrevista de emprego? Não perca nossos posts sobre mercado de trabalho e garanta a vaga dos seus sonhos!

Venha para a prepara!

Quer garantir um futuro ainda mais brilhante? Conheça os cursos profissionalizantes da Prepara e esteja pronto para o mercado de trabalho!