Mesmo em um momento de incertezas, o ano de 2016 está sendo além de desafiador, muito promissor para quem souber aproveitar as oportunidades. Algumas atividades, principalmente aquelas que representam maior rentabilidade, possibilidades de crescimento e corte de custos às empresas, continuam aquecidas, como vagas em tecnologia, administração, vendas e turismo – principalmente por se tratar de um “Ano Olímpico”.

Diante desta realidade, a qualificação profissional é imprescindível para que o profissional se destaque. Nos últimos meses, a Prepara Cursos, uma das maiores redes de franquias de cursos profissionalizantes do país, registrou aumento de 5% na procura pelos programas de Tecnologia da Informação, Capacitação em Rotinas Administrativas e Inglês.

“Notamos que os jovens, principalmente entre 18 anos e 30 anos, são os mais interessados em investir hoje em capacitação, justamente por almejarem uma oportunidade no mercado de trabalho. O domínio em linguagens da informática e de um segundo idioma, com ênfase ao inglês, é indispensável hoje nas seleções de recrutamento. Além do preço mais acessível que um curso de graduação, o tempo mais breve dessas opções é uma vantagem para quem não pode esperar muito tempo para começar a trabalhar”, informa Rogério Gabriel, fundador e presidente do Grupo Prepara.

Foram mais de 20 mil alunos formados, somente no ano passado, na área de Tecnologia da Informação, com os cursos de Operador de Computador, Designer Gráfico e Personal Cad. Outro destaque são os 13 mil formandos da rede dos cursos relacionados à Administração e Negócios, como Rotinas Administrativas, Operador de Caixa, Gestão Financeira. E os 5 mil alunos que completaram o curso de Inglês. Segundo o presidente do Prepara, os eventos esportivos a serem sediados no país também têm impulsionado a procura crescente pelo idioma.

Além de oferecer capacitação técnica, a Prepara Cursos também promove o encaminhamento dos jovens ao primeiro desafio profissional, por meio do Programa Mais Empregos, que já beneficiou mais de 100 mil pessoas em todo o país. “O grande diferencial da rede é que os nossos alunos saem de nossos cursos realmente preparados para enfrentar as exigências do mundo corporativo. Temos em nosso histórico mais 130 mil alunos que foram inseridos no mercado de trabalho”, finaliza o presidente.