O sistema Android, o do robozinho verde, está presente nas tecnologias há mais de dez anos, e está em sua 15ª edição! Em 2005, a Google incorporou uma nova empresa ao grupo, e depois de três anos, o primeiro smartphone a funcionar com o Android surgiu. Desde então, esse sistema vem crescendo, inovando e tornando-se cada vez mais popular. Todas as versões têm nomes de doces e seguem ordem alfabética, sendo o motivo um segredo da Google. A última versão lançada foi em julho de 2018, o Android Pie, também conhecido como 9.0. Quer conhecer as outras versões do Android? Acompanhe o texto, vamos falar sobre cada uma!

Android Cupcake (1.5)

Foi a primeira versão oficial do Android, iniciando com a letra “C”. Comparada com as versões mais atuais, era básica, possuía as funções de copiar e colar textos, usar widgets e acessar o YouTube, e animações básicas, além da gravação de vídeos. A versão 1.5 não está mais disponível após o lançamento das mais atuais. 

Android Donut (1.6)

Lançada no final de 2009, o Donut tinha mais opções de telas e resoluções deaté 480×800 pixels. O sistema também ganhou uma nova área para os aplicativos de câmera e recursos de pesquisa por voz.

Android Eclair (2.0 – 2.01)

No Brasil, o éclair é conhecido como bomba recheada. Essa versão foi lançada um mês depois do Donut, com muitas mudanças, como o multi-touch, planos de fundo animados, maior contraste e resoluções de tela e novas funcionalidades da câmera.

Android FroYo (2.2)

Em 2010 foi lançado o Frozen Yogurt, o FroYo, e até hoje é uma das versões mais populares. Se destacou por causa da velocidade mais rápida do sistema. O Android começou a ficar mais evoluído, capaz de compartilhar conexão 3G, WiFi ou USB, fazer atualizações dos apps automaticamente e suportar a tecnologia Flash, da Adobe.

Android Gingerbread (2.3)

Uma versão mais fácil e rápida de utilizar, lançada no fim de 2010. Com maior suporte da câmera frontal, o sistema Gingerbread tinha uma tecnologia que permitia a troca de informações sem fio entre dispositivos de forma segura quando próximos um do outro. 

Android Honeycomb (3.0 – 3.1 – 3.2)

Lançada em 2011 apenas para tablets, a Android Honeycomb tinha um processamento mais poderoso que outras versões. Ela dava suporte para telas maiores e permitia abas no navegador, duas barras para gerenciar o sistema e outra com relógio e botões de atalho. Outros ajustes também foram feitos na câmera e em aplicativos.

Android Ice Cream Sandwich (4.0)

Em novembro de 2011, foi lançado o Ice Cream Sandwich. A versão teve o intuito de unir tablets e smartphones em apenas uma versão do Android, não operando em versões separadas. As novidades do Sandwich foram o controle de tráfego na internet, edição simples de fotos e vídeos e desbloqueio da tela por reconhecimento facial.

Android Jelly Bean (4.1 – 4.2 – 4.3)

Essa versão foi marcada pelo design moderno e sistema com melhor desempenho, em 2012. Foi o passo inicial do recurso de inteligência Google Now, que permitia o uso de mais de uma conta nos aparelhos. Além disso, foi acompanhada de novidades, como widgets na tela de bloqueio, notificações com botões de ação e atalhos na área de notificações. 

Android KitKat (4.4)

A versão 4.4 foi lançada no final de 2013, trazendo melhorias no desempenho e na segurança. Também oferecia o Google Now, permitindo enviar mensagens de texto ou reproduzir músicas por comandos de voz, além de outras tarefas. 

Android Lollipop (5.0)

Lançada em 2014, essa versão era compatível com smartphones, tablets, TVs, carros e relógios. Destaque para a aparência, que possuía sombras e movimento e passou a mostrar notificações nas telas de bloqueio. 

Android Marshmallow (6.0)

A versão Marshmallow traz atualizações no Google Now, executando comandos sem interromper o uso. Também, é possível administrar os aplicativos que dão acesso aos recursos do smartphone e, assim, há economia de bateria.

Android Nougat (7.0)

Lançado em 2016, o Nougat é a penúltima versão mais recente e tem novidades como abrir dois apps ao mesmo tempo, assim como as notificações. Caracteriza-se também pela otimização da carga de bateria, economia do plano de dados e definição de aplicativos padrões.

Android Oreo (8.0)

A versão 8.0 foi lançada em 2017, com recursos e funcionalidades modernas, e oferece duas vezes mais velocidade quando o aparelho é ligado, preenchimento automático e uma função que permite realizar duas ações juntas, o picture in picture.

Android Pie (9.0)

Como comentamos no começo do texto, a versão Pie é a mais recente, com diversos recursos para ajudar a combater o vício no smartphone, como um painel que monitora o uso do aparelho e alternativas para desativar as notificações quando você estiver dormindo ou ocupado. Além disso, há recursos que adaptam-se ao seu comportamento, como dar prioridade de bateria para os apps mais usados e descartar notificações indesejadas frequentemente. 

Essas são as versões lançadas pelo sistema Android até agora. Recentemente, a Google declarou que os sistemas não receberão mais nomes de doces, apenas letras seguindo a ordem alfabética, sendo “Q” a seguinte para o Android 10. E qual é a versão do seu smartphone ou tablet? Conta pra gente! Ah, e fique ligado nos lançamentos de novas versões e nos posts de tecnologia no nosso blog:

5 aplicativos para editar fotos e bombar no Instagram

6 fatos que mostram como a tecnologia mudou nossa vida em 10 anos

Venha para a Prepara!

Quer garantir um futuro ainda mais brilhante? Conheça os cursos profissionalizantes da Prepara e esteja pronto para o mercado de trabalho!