Com a grande competitividade do mercado de trabalho, apresentar um currículo perfeito é fundamental. Para isso, é preciso usar algumas técnicas que vão ajudar a destacar o seu currículo de milhares de outros. Primeiramente, você deve pensar como um recrutador: imagine-se recebendo centenas de currículos na sua caixa de e-mail e tendo que ler todos eles? Então o primeiro passo é garantir que o seu consiga chamar a atenção, que tenha toda a informação necessária e que impressione. 

Isso não é fácil, mas também não é impossível. Ao concorrer a uma vaga, você deve garantir que o seu currículo se encaixe perfeitamente no perfil, nas habilidades e nas competências exigidas. Hoje a Prepara vai te dar várias dicas de como montar o currículo perfeito. Confira: 

Crie um currículo de aparência elegante e sofisticada

Para que ele chame a atenção sem nem ao menos o recrutador ver o conteúdo, o currículo deve ter uma boa aparência. Para isso, capriche na formatação e no design. Quanto mais profissional e diagramado ele for, mais fácil será chamar a atenção do recrutador. Mas vale lembrar: no mercado de trabalho, a aparência é só a primeira impressão, então um bom conteúdo é fundamental. 

Coloque toda a informação em uma única página

Além de ter um aspecto refinado, a sua informação deve estar somente em uma única página. Por isso, elimine tudo o que for irrelevante para a vaga e garanta que toda a informação que está lá vai assegurar que o recrutador te veja como um bom candidato para a vaga. O conteúdo do seu currículo deve combinar com a que está na descrição da vaga. Seja simples e conciso, mas com inteligência. 

Não coloque informações pessoais desnecessárias

Você não é obrigado a informar a sua idade ou o seu estado civil, e muito menos se tem filhos ou não. Esse tipo de informação é pessoal e não deve fazer diferença na hora da seleção. O que deve ser informado são os seus contatos, e-mail e número de telefone, como também o seu nome completo. Além disso, é uma escolha sua colocar ou não o seu endereço, já que também não é obrigatório. Durante a entrevista, você deverá passar essas e outras informações, mas em um primeiro momento elas não devem ser prioridade. 

Coloque quais são os seus objetivos profissionais

Isso significa falar sobre o cargo que está procurando, ou seja, o objetivo profissional deve ser o mesmo que a posição oferecida. Se você está em um momento de transição, deixe os seus objetivos profissionais mais amplos. Ao invés de colocar, por exemplo “posição de gerente ou team lead”, coloque “posição de nível intermediário em administração”. Mas lembre-se de que essa informação é uma das primeiras do currículo e o recrutador está procurando por pessoas com o mesmo objetivo que a vaga divulgada.

Deixe claras todas as suas habilidades e as suas competências

Leia bem a descrição e veja quais são as habilidades e competências exigidas. Essas informações não podem faltar no seu currículo e tudo o que não se encaixar com o perfil da empresa pode fazer você ser eliminado. 

Exemplificando: se a vaga em uma empresa de aplicativos pede conhecimentos em programas de design, por exemplo, é fundamental que você coloque todas as suas qualificações e as suas competências de todos os programas com os quais sabe trabalhar, mas não é tão importante informar um hobbie que você tem.  Por isso, é importante lapidar cada currículo para cada seleção de emprego. 

Apresente as suas experiências profissionais com resultados

A maioria dos candidatos busca uma boa qualificação e investir no seu aprimoramento, então o que pode fazer a diferença é mostrar que você pode garantir mais resultados para a empresa. Você deve colocar todas as suas experiências profissionais relevantes para a vaga, mas sempre falando dos resultados atingidos. 

Por exemplo, se você trabalha no setor de vendas, coloque os seus resultados em números, quantas vezes bateu a meta, a porcentagem de crescimento de vendas com o seu trabalho, as suas ações que garantiram as vendas e tudo mais que seja quantitativo e mostre resultados na prática. Muitos candidatos apresentam habilidades e competências, mas falham em mostrar resultados concretos e deixar claro qual seria a contribuição deles para a futura empresa. 

Preencha os espaços de tempo

Por fim, se preocupe também se ficou por algum tempo desempregado. Acrescente às suas informações se você estava fazendo algum curso ou qualificação nesse tempo para mostrar que, mesmo parado, continuou estudando e se aprimorando. Caso tenha feito trabalhos temporários ou freelance, acrescente também. 

Esperamos que essas dicas consigam ajudar você a criar um currículo perfeito e garantam uma entrevista! Boa sorte e capriche no seu currículo! 

Venha para a Prepara!

Quer garantir uma vaga no mercado de trabalho? Conheça os cursos da Prepara!